Segundo debate da Autorreforma discute potência criativa do país e a relevância de um plano nacional

Por PSB Nacional


O 2º debate da Autorreforma do PSB, que teve como tema “Brasil potência criativa e sustentável”, promoveu na noite desta segunda-feira (3), um encontro virtual entre o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e o ex-governador de São Paulo e presidente da Fundação João Mangabeira, Márcio França.

Leia também: PSB define cronograma de debates da Autorreforma


O encontro, que faz parte do ciclo de debates que ocorrem a cada 15 dias com diferentes temas ligados à Autorreforma do PSB, contou com a participação do integrante da Comissão da Autorreforma, Paulo Bracarense, e de pessoas de todas as regiões do país, e se debruçou sobre o texto introdutório da 4ª versão do livro de teses.

A Autorreforma vem sendo discutida pela militância socialista desde novembro de 2019, quando foi colocado em consulta pública o documento-base para a atualização do manifesto de fundação e do programa do PSB.

Brasil potência

O partido acredita na inovação como caminho para emancipação nacional em temas estratégicos como a revolução tecnológica, gestão das águas, economia 4.0, sociedade digital, produção de alimentos e energias renováveis. Siqueira reforçou como o PSB vê na capacidade criativa da população brasileira nossa chance de “ser uma potência ainda maior”.

“Diferentemente de projetos importados, o PSB nasceu para ter um projeto nacional, com base nas nossas potencialidades. Há uma certa resistência no crescimento econômico do país devido à ausência de um planejamento nacional. É impossível uma melhora na educação, ciência, tecnologia e inovação se não investirmos no desenvolvimento estratégico dessas áreas e torná-las competitivas”, analisou Siqueira.

Para o presidente nacional do PSB, o papel de um partido vai muito além de lançar candidaturas, é necessário que ele “expresse à sociedade sua visão de mundo, de desenvolvimento e proteção social”. Siqueira explicou que o texto introdutório do livro da Autorreforma mostra o que o PSB pensa e quer para o Brasil: “Pessoas felizes graças à igualdade de oportunidades e de um plano nacional de desenvolvimento”.

Leia também: Siqueira afirma: “Brasil não pode se submeter a modelos internacionais


Márcio França comentou a importância do passo dado pelo PSB ao se propor debater seu próprio funcionamento, chamar a população para participar desse debate e ressaltou o ilimitado potencial criativo da população brasileira.

“Não podemos ficar distante do que o brasileiro pensa, temos que dar motivação para a população e os filiados participarem. A Autorreforma é uma espécie de constituição que está sendo refeita, estamos nos dispondo a um processo revolucionário, pensando em alternativas. Nossa tarefa é fazer com que o povo nos entenda, a mudança estatutária do programa é a chave que abre essa avenida”, afirmou França.

O próximo debate será no dia 19 de maio e terá como tema a Amazônia 4.0.

Confira o debate completo:


3 visualizações0 comentário