Secretaria de Saúde deve R$ 46 milhões ao Hospital da Criança, diz jornal


(Imagem: Reprodução)


A coluna Grande Angular, do Jornal Metrópoles, divulgou que a Secretaria de Saúde está com uma dívida de R$ 46 milhões com o Hospital da Criança de Brasília (HCB).


Leia também: CPI da Pandemia marca data para depoimento de Ibaneis e convoca ex-secretário


Segundo as informações obtidas pela colunista Manoela Alcântara, parte da divida diz respeito ao pedido do governo Ibaneis, para que o Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (Icipe),administrador da unidade de saúde, disponibilizasse leitos de UTI para atendimento à pacientes com Covid-19.


“Atendendo à solicitação da secretaria, o hospital disponibiliza 10 leitos de UTI para atendimento de adultos com Covid-19 desde abril de 2021. O HCB mantém, ainda, 10 leitos de UTI para casos suspeitos e confirmados de Covid-19 em crianças e outros 38 leitos de UTI pediátrica para casos de outras doenças – porém, não recebeu os recursos referentes aos gastos suplementares decorrentes dessa assistência”, confirmou a instituição no texto enviado à coluna.

A falta de pagamento por parte do GDF tem gerados inúmeros problemas ao Hospital, fundamental para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer. Segundo nota enviada pelos gestores, o atual momento épreocupante. “O Icipe tem informado diversas dificuldades devido ao repasse irregular ou à falta dele. Relembra-se que o HCB é uma parte importante da rede e que se os recursos não forem repassados, a unidade pode parar de funcionar, já que o dinheiro pleiteado é para fomento, não para investimento”, alerta em despacho encaminhado à Secretaria de Saúde ao qual a coluna teve acesso.


O que diz o governo


A Secretaria de Saúde informou, por meio de nota, que os atrasos “ocorreram em função da falta de disponibilidade orçamentária” e que “as providências já estão sendo tomadas, e as informações detalhadas serão encaminhadas ao Hospital de Criança para conhecimento”.


Com informações do Portal Metrópoles



5 visualizações0 comentário