PSB-DF convida para encontro com Lula e Alckmin em Brasília nesta terça (12)



O PSB-DF está mobilizando sua militância para o encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB-SP), nesta terça-feira (12), a partir das 17 horas, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A expectativa é que o ato seja acompanhado por milhares de eleitores da chapa Lula-Alckmin. Além do momento público, os pré-candidatos terão agendas na Confederação Nacional do Comércio (CNC) para receber propostas e sugestões de políticas públicas para fomentar o setor e, também, no Congresso Nacional, onde conversarão com parlamentares e lideranças políticas.


O pré-candidato a governador do PSB-DF, Rafael Parente, tem divulgado em suas redes sociais o convite para o evento.




































Segurança em primeiro lugar


Além das informações sobre o local e o horário do evento, também estão sendo divulgadas medidas de segurança para evitar conflitos com seguidores do presidente Jair Bolsonaro (PL). Estes cuidados foram redobrados após um dirigente petista ter sido assassinado este fim de semana em sua festa de aniversário de 50 anos pelo bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho, da Polícia Penal Federal (PPH), que não o conhecia e, ao que tudo indica, lhe deu tiros à queima-roupa por ele ter escolhido Lula como tema de sua festa.


Leia mais em: Bolsonaro e a direita carregam culpa na morte de Marcelo Arruda


Também foram registrados outros dois atos bizarros de vandalismo e agressão a apoiadores da coligação Juntos pelo Brasil, o primeiro em junho quando um drone disparou urina e fezes durante um ato em Minas Gerais e o segundo na última semana, quando bombas com um líquido cheirando a fezes foram disparadas em um encontro, semelhante ao de amanhã em Brasília, foi realizado na Cinelândia, no Rio de Janeiro.


Segundo a organização do evento, a escolha do centro de convenções como ponto de encontro foi dada à capacidade do local receber algo em torno de três mil pessoas e possuir detectores de metal nas entradas.


Além desta, outras medidas poderão ser tomadas para garantir ao máximo a segurança dos participantes. Também estão sendo divulgadas medidas a serem tomadas no deslocamento dos militantes até o local. Entre elas:


1. Não aceite provocação de bolsonaristas infiltrados;

2. Não discuta nem agrida nenhum provocador. Ações heróicas podem causar riscos desnecessários à você e ao teu coletivo de militantes;

3. Se achar alguém suspeito que pareça ser uma ameaça, avise à equipe de segurança;

4. Preencha a lista de presença no link;

5. Tire fotos e grave situação de ameaça;

6. Ande em grupos até parada de ônibus e rodoviária;

7. Evite se expor a situação de risco. É bom ter uma camiseta não militante debaixo da roupa com estampa de Lula-Alckmin caso precise andar só no trajeto para casa em locais públicos.


Fonte: Setorial de Segurança Pública do PT-DF

14 visualizações0 comentário