Com explosão de casos, MPDFT quer informações sobre medidas contra covid


(Imagem: Reprodução

Por Correio Braziliense


O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) protocolou um ofício, nesta sexta-feira (3/6), pedindo informações sobre medidas que estão sendo tomadas pelo Executivo local para o enfrentamento do aumento de casos de covid-19 no Distrito Federal. A Casa Civil, que recebeu o requerimento, deverá também prestar informações a respeito do planejamento do GDF sobre o combate imediato do aumento expressivo dos casos, além da elevada taxa de transmissão na capital federal.

A força-tarefa de enfrentamento à covid-19 ainda requisitou informações à Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) para que haja a ampliação da testagem na população. Atualmente, a testagem ampliada acontece apenas na UBS 1 da Asa Sul (612 Sul) e na Rodoviária do Plano Piloto — este último com relatos de longas filas nos últimos dias. As UBSs aplicam o teste conforme critérios estabelecidos em protocolo interno da SES-DF. O MP ainda solicitou à SES-DF o percentual de positividade dos testes.

Ambas as secretarias deverão prestar informações em um prazo de 10 dias. Para o coordenador da força-tarefa do MPDFT, procurador Eduardo Sabo, o aumento de casos de covid-19 na capital federal, apesar de não serem graves, traz um alerta para que decisões pelo Executivo local precisam ser feitas.


“Nos cabe fazer um alerta, primeiro à sociedade para que continue e, inclusive, faça questão do uso das máscaras, da higiene com relação às mãos, mas também ao próprio governo, que tem que aprimorar o sistema de atendimento e ampliar a testagem. Este é um momento delicado, em que todos devemos estar em sintonia: o governo deve aplicar as medidas corretas para evitar a proliferação desta pandemia e a sociedade cumprir as regras necessárias para uma boa convivência”, comentou.



3 visualizações0 comentário