Bolsonaro paga R$ 124 milhões para evento sobre mulheres feito só com homens

O Grupo Voto, que promove um ciclo de debates sobre “mulheres no centro do poder”, com a participação de Jair Bolsonaro (PL) e mais quatro outros homens, já recebeu 124 milhões de reais do governo, de acordo com informações do Portal da Transparência divulgadas pelo jornalista Demétrio Vecchioli, da coluna Olhar Olímpico, do Uol.


Outra curiosidade do levantamento é que Karim Miskulin, que aparece como CEO nas publicações e postagens do grupo, não aparece no quadro social da empresa.


Publisher e fundadora

De acordo com seu perfil no Linkedin, Karim é Publisher e fundadora da Revista Voto, publicação que há 15 anos se dedica à análise política e econômica. Em 2003, fundou a VOTO Comunicação Aplicada à Política, empresa voltada à estratégias de marketing político e cursos de formação política. No ano seguinte, lançou a Revista VOTO – Política e Negócios. Já em 2008, criou o Instituto VOTO de Estudos políticos, entidade sem fins lucrativos que visa fomentar a educação política por meio de projetos em escolas públicas.


Leia também: O governo que não gosta de mulheres

Só homens

O grupo divulgou nesta segunda-feira (7), material de divulgação do Ciclo Brasil de Ideias, em que todos os cinco palestrantes são homens.


“Na semana da Mulher, o Grupo Voto fomenta a participação feminina na política”, diz o card de divulgação nas redes sociais, divulgando as palestras de Bolsonaro, do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP) e do ministro da Economia Paulo Guedes – os três na quinta-feira (10).


Leia também: Brasil tem apenas 15% de mulheres no Senado e na Câmara Federal


O evento ainda divulga a participação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no dia 9, e do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (União-SP), no dia 15.

A empresa divulga ainda um vídeo em que Karim afirma que “o Grupo Voto estará cumprindo um dos seus principais propósitos: fomentar a participação feminina na política”. Para tal, ela afirma que levará para Brasília um grupo “maravilhoso de líderes empresariais, formadoras de opinião para uma agenda robusta com os homens mais importantes do país”.


Por Julinho Bittencourt

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo